Fandom

Sempre fui fã, e adoro a condição de fã. Mas ser fã toma tempo e exige dedicação, e não está dando para mim há alguns anos. Não desisti dos meus ídolos nem os abandonei, apenas não possuo mais tempo para ser uma fã.

4bc6060fd9ab11 – Encontro com o Dominó em Cachoeiro de Itapemirim.

Eram os anos 80 e a boyband brasileira Dominó, em sua primeira formação, estava em Cachoeiro de Itapemirim. Eu era uma fã, mesmo tendo menos de 10 anos. O que eu podia fazer era comprar o LP, decorar todas as músicas e ouvi-las o dia inteiro. Gastar o encarte, que estava colado com durex, também era parte do pacote “ser fã” daquela época.

Mas o grupo estava em Cachoeiro e faria um show no Ginásio de Esportes. Minha mãe, diva toda vida, levou a mim e duas amiguinhas para vê-los. Não satisfeitas, ela nos levou até o hotel San Karlo, onde eles estariam hospedados. Ficamos por lá e, apesar dos chiliques do meu irmão mais novo, que estava detestando o passeio, conseguimos não apenas ver como tocar os rapazes. Foi um acidente, mas…

Acredito que esse tenha sido o primeiro momento fandom da minha vida.

jogadores-brasileiros-festejam-no-podio-a-conquista-da-medalha-de-ouro-no-volei-da-olimpiada-de-barcelona-1992-1344467709838_700x60012 – Acompanhando a seleção brasileira de vôlei.

Ano de 1992, pré-olimpíadas. A seleção de vôlei estava em Vitória-ES para se preparar para os jogos olímpicos de Barcelona. Eu tinha meus 15 anos e amava esportes (ainda amo). Como fã da seleção de vôlei, acampei na casa de minha tia, na Ilha do Boi, bem pertinho de onde os atletas estariam hospedados, o hotel Senac Ilha do Boi.

Todo dia, acordava muito cedo e ia para a porta do hotel. Com isso, tirei muitas fotos com eles e consegui autógrafos de todo o time, que estão em dois bonés oficiais do patrocinador, guardados até hoje em local privilegiado. As fotos também existem, como troféus.

Também acompanhava os treinos, acontecidos no Álvares Cabral. Um dia, decidiram treinar na Praia da Costa e eu, que nunca tinha ido a Vila Velha de ônibus, acabei pegando o Transcol errado e fui em direção a Carapina – o oposto. Quase perdi o treino, mas consegui chegar para o final, e para acompanhar um banho de praia. Oba.

Foram todos os dias. Valeu a medalha de ouro.

c_71_article_1420816_image_list_image_list_item_0_image3 – Online para o lançamento dos primeiros singles de Duncan e Lee.

Fã do Blue desde o álbum Guilty, quando o grupo se separou eu fiquei bastante chateada. Mas logo fomos (nós, as fãs) presenteadas com álbuns solos fantásticos dos integrantes. O meu favorito sempre foi Duncan James, e seu primeiro single seria Amazed, uma versão da música country de Lonestar.

No dia marcado para o lançamento da música nas rádios britânicas, fiquei online boa parte do dia, conectada com outras amigas também fãs, esperando para dar audiência e comentar a música. Ouvimos Amazed pela primeira vez divulgada nas rádios, mesmo eu estando do outro lado do oceano.

O mesmo aconteceu com Army of Lovers do Lee Ryan. Também estive “ligada” para ouvir a primeira vez que a música tocou nas rádios britânicas, juntamente com Lee ao vivo falando com o apresentador do programa.

Pode não parecer relevante para muitos, mas para um fã é, sim, muita coisa. Ainda tenho a captura de Army of Lovers que consegui fazer gravando a rádio, para ouvir outras vezes quando quisesse. ❤

2008111713193511361jl34 – Kim Dongwan

O que dizer de Kim Dongwan? “O” ídolo. E eu não era uma boa fã, mas estive em Seul, em 2008, aproveitando a ocasião para vê-lo se apresentar em várias ocasiões. Viajei muitos mil quilômetros, cruzei o mundo para chegar “ao outro lado”, encarei 22h de avião, passei sobre o Uzbequistão e 12h de fuso horário.

Vê-lo foi um grande presente. Ser vista por ele, algo impossível. Receber em casa um CD autografado especialmente para mim, com meu nome escrito e um coração, e saber que ele não precisou de ajuda para escrever meu nome “em inglês” foi mais do que o máximo. Fez a fandom inteira fazer sentido.

Minha relação de fã com Shinhwa e Kim Dongwan foi muito profunda, por muitos anos, juntamente com amigas lindas para tentarmos divulgar o que eles faziam profissionalmente para um Brasil que não ouvia k-pop. Hoje o k-pop é modinha, e me dá orgulho saber que fui parte do universo que tornou isso possível.

Programa de rádio, programa de TV, show ao vivo, muitos passeios com amigas Coreanas, horas e mais horas de chão, caminhando a pé pela cidade, donuts japoneses, jantares tradicionais. Foram 25 dias, e eles foram a coisa mais especial da fandom, para mim.

hqdefault5 – Divando em São Paulo

As divokitties se reuniram em 2005/2006 no fórum oficial do Il Divo. Lá formamos um grupo de mulheres apaixonadas que se tornou um grupo de amigas, mesmo que estejamos sempre muito longe. Nós “tacavamos o terror” no fórum oficial com nossas fontes COLOR, BOLD, HUGE, e passamos a ser reconhecidas pelo apelido DIVOKITTY.

Em 2009, o Il Divo finalmente veio se apresentar no Brasil, depois de muito drama e muita espera. O único show seria em São Paulo, e foi lá que nos reunimos, todas na casa da Dri. Tínhamos uniforme, uma camiseta preta com escritos prateados que refletiam a luz. Fomos criticadas porque estaríamos muito “informais” para um show de ópera, mas nós éramos o fã clube, éramos as fãs. Fomos de van, porque nem no trajeto poderíamos ir sozinhas.

Não sei dizer o que foi melhor, se o show inesquecível, se as lágrimas no ombro da Mô, se Davinho dançando La Vida Sin Amor, se Urs e Davinho “se tocando” que estávamos chorando, se as conversas antes e depois do show. Foi a realização máxima da fandom, porque tivemos o ídolo e tivemos a amizade que nos unia e ainda nos une, mesmo sete anos depois.

Eles retornam ao Brasil em 2016, mas não são as mesmas Divokitties que estarão reunidas. Muitas não poderão ir e outras se uniram ao grupo. Ainda assim, acompanho diariamente o movimento das que vão vê-los, acompanho os divos, acompanho a fandom. Porque O MUNDO É DIVA.

Por hoje é só, pessoal. Sou uma fã apaixonada demais, tenho muitos momentos felizes para compartilhar, mas não vou cansar vocês. Beijocas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s