Dez vantagens dos livros digitais

Antes de começar a falar sobre os benefícios dos livros digitais, preciso deixar claro: ebook não é para ser lido no computador. Muita gente que me diz detestar ebooks nunca usou um leitor digital, apenas leu PDFs no computador. Assim até eu detestaria. Um livro digital requer um leitor adequado para seu melhor aproveitamento, caso contrário ele se torna, realmente, um inconveniente. O computador foi feito para trabalhos, escritas e jogos, e olhe lá. Leitura é outra coisa. Cada macaco no seu galho.

Isto posto, gostaria de levantar aqui algumas das vantagens de se optar por ler livros digitais.

1. O ebook preserva o meio ambiente, de forma geral. Claro que a criação dos leitores digitais se utiliza de peças que derivam do petróleo e que poluem o ambiente, mas convenhamos: você precisa de 1 leitor digital para o resto de sua vida (só vai comprar outro se o seu quebrar, o que não deve ser uma coisa tão simples de acontecer), enquanto você precisaria de centenas de livros para satisfazer seu desejo de leitura. Atualmente temos uma péssima política de reciclagem a nível nacional, então economizar papel é uma necessidade.

2. Você não precisa esperar seu ebook chegar. Basta baixá-lo da internet, imediatamente. Mesmo que estejamos falando de ebooks comprados, após a confirmação do pagamento você só precisa clicar em um link, fazer o download e pronto, o livro está com você. Os livros de papel demoram dias para chegar, algumas vezes não chegam, e nos sujeitam à ansiedade de esperar pelos sempre muito lentos Correios.

3. Os ebooks são mais rápidos de se produzir, e muito mais baratos do que os livros de papel. Sei que os livros digitais ainda são muito caros no Brasil, mas isso pode mudar significativamente se pensarmos na revolução que mencionei no post anterior. Os ebooks podem eliminar intermediários, ser vendidos diretamente do escritor para o leitor, não carecem de recursos exagerados para sua produção e facilitam a publicação.

4. O leitor pode anotar, marcar, editar e rabiscar um livro digital sem prejudicar a obra original. A maioria dos leitores digitais permite que você anote e marque (inclusive com a técnica “highlight”, que é similar a passar um marca-texto sobre determinada palavra/frase) seus livros sem que isso estrague a sua obra.

5. Os livros digitais possuem todas as facilidades dos documentos virtuais. Eles podem conter links e anotações que remetem o leitor, facilmente, a explicações, imagens e extras relacionados ao seu conteúdo. Também são inexados e você pode procurar o que quiser dentro do livro, sem precisar decorar páginas para relembrar aquele conteúdo que você gostaria de ler novamente. Os ebooks podem conter áudio e tornar a leitura mais interativa.

6. É muito mais simples editar uma tiragem de livros digitais do que de livros impressos. Consertar erros nos ebooks é facílimo, e promover um “recall” de livros digitais é infinitamente mais simples do que em relação aos livros de papel. Enquanto as editoras precisam rever os textos e reimprimir tiragens caríssimas para colocar novas edições (sem erros) no mercado, com o livro digital nada disso é necessário. Uma vez revisto o texto, basta que o arquivo original seja substituído no link de download e pronto! Para o leitor, a grande vantagem é: a editora/o autor podem reenviar o arquivo gratuitamente para quem já adquiriu a edição que foi revista. Mágico, não?
7. A palavra é: portabilidade. Imagine aquela viagem de férias com os amigos, e você tem uma estante de livros para ler. Pensa: à noite vou tirar o atraso de leitura mas… como carregar 10 livros na mala? Com seu leitor digital você pode levar centenas de livros para onde quiser. Está pensando mais profissionalmente? Imagine-se na faculdade, ou no trabalho, pesquisando em livros digitais (com seu sistema muito eficiente de busca) ao invés de carregar aquele monte de livros para a mesa, e passar horas atrás de um conceito ou um verbete.

8. O leitor digital tem luz própria, então você não vai ter problema em ler sob qualquer condição de iluminação. Mesmo no escuro, é possível ler, anotar e marcar seu livro digital sem nenhuma dificuldade.

9. Os livros digitais são simples de compartilhar. Tudo bem, essa vantagem pode ser facilmente criticada por aquela proteção DRM que irrita os leitores, afinal eles compraram um livro e querem emprestar para quem quiserem. Mas nem todo ebook contém proteção, e devo arriscar que muitos deles não têm. Tanto que é possível encontrar vários ebooks “piratas” para download em sites que fornecem esse material gratuitamente – exatamente porque não há proteção. Ou seja, você pode emprestar (?) seu livro digital para quem quiser (desde que ele não seja protegido) sem correr o risco de recebê-lo de volta riscado, amassado ou manchado.

10. A palavra é: acessibilidade. Livros de papel são para leitores sem deficiências visuais. O livro digital é facilmente adaptado para quem tem problemas de visão: o leitor pode aumentar o tamanho da fonte o quanto ele quiser, e ainda existe uma enorme gama de livros digitais que, literalmente, “se leem”. O leitor cego, aquele que não tem como ler um livro de papel que não em braile, pode ouvir o livro digital, pois essa facilidade é, além de possível, comum em vários ebooks (inclusive havendo a versão exclusivamente auditiva, o audiobook).

Então, concorda com essas vantagens? Tem alguma a acrescentar ou críticas a fazer? Deixe um comentário.

*Inspirado nos blogs SuccessConsciouness e Epublishers Weekly*

Anúncios